Prefeito Mário Valério anuncia benefícios para assentamento em Caarapó

03/04/2017

CaarapoenseNews

Fonte/Assessoria

Foto: Dilermano Alves Prefeito Mário Valério reitera apoio ao Assentamento Nossa Senhora do Carmo durante reunião com representantes da associação do núcleo rural

O prefeito de Caarapó, Mário Valério (PR), está programando para os próximos dias a entrega de equipamentos para a Associação dos Agricultores Familiares do Assentamento Nossa Senhora do Carmo. A ação vai beneficiar mais de 40 famílias – ou 135 pessoas -, que trabalham em 41 lotes na localidade, a 45 quilômetros da sede do município.

Em recente reunião com lideranças da associação, coordenadas pela presidente Celina Magalhães da Silva, o prefeito de Caarapó informou que a comunidade vai receber R$ 27,5 mil em equipamentos para uso geral. Serão entregues freezer, geladeira, fogão industrial, mesas, batedeira, liquidificador industrial e panelas, além de talheres, pratos e outros materiais.

“A comunidade do Assentamento Nossa Senhora do Carmo tem o nosso apoio para aas ações de desenvolvimento da localidade e estamos contribuindo para o seu protagonismo”, disse o prefeito Mário Valério. Segundo o dirigente, a prefeitura também contribui com a recuperação de estradas na região, para facilitar o transporte da produção da agricultura familiar. Os agricultores do assentamento produzem basicamente leite – que é o produto principal -, além de mandioca, hortaliças, banana, frango caipira, suínos e carneiros, segundo informações da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

Os recursos para a aquisição dos equipamentos que serão entregues aos agricultores do assentamento foram viabilizados junto ao governo do Estado pelo deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB), com contrapartida municipal. A prefeitura de Caarapó também está preparando o processo de compra de implementos agrícolas – distribuidor de calcário, grade niveladora e distribuidor de adubo, que serão entregues aos agricultores do assentamento. A verba para a compra do material, de R$ 33 mil, foi viabilizada pelo deputado estadual João Grandão (PT) junto ao Estado, com aporte de recursos municipais, como contrapartida.

Agricultura familiar

Em recente evento sobre a agricultura familiar realizado em Caarapó, o prefeito Mário Valério, em discurso, destacou o apoio da gestão governamental do município a esse segmento da produção local. O dirigente disse que o município adquiriu, em 2016, 45% dos produtos da alimentação escolar diretamente do agricultor familiar, enquanto a lei exige apenas 30%. “O nosso agricultor familiar está produzindo, está disponibilizando o produto e, por isso, podemos garantir a compra com segurança”, observou Mário Valério, acrescentando que o objetivo, para este ano, é ampliar a aquisição de produtos da agricultura familiar do município.

Relatório de 2014 da Organização das Nações Unidas (ONU) intitulado “Estado da Alimentação e da Agricultura”, disponível no Portal Brasil(http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2014/10/onu-reforca-a-importancia-da-agricultura-familiar), a agricultura familiar tem capacidade para colaborar na erradicação da fome mundial e alcançar a segurança alimentar sustentável.

No Brasil, segundo a fonte, a agricultura familiar representa 84% de todas as propriedades rurais do País e emprega pelo menos cinco milhões de famílias. Por outro lado, a modalidade agrícola ocupa apenas 24,3% do total da área utilizada por estabelecimentos agropecuários.

O documento da ONU também menciona que a agricultura familiar produz cerca de 80% dos alimentos consumidos e preserva 75% dos recursos agrícolas do planeta. A agricultura familiar, no Brasil, é responsável pela maioria dos que chegam à mesa da população, como o leite (58%), a mandioca (83%) e o feijão (70%).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>